Segunda-feira, 25 de Abril de 2005
flores.gif



Mantenho ainda saudades
Das noites quentes de Luar
Em que todos saíam
Todos iam passear.
É tempo de arraiais
Está na hora de ouvir
A banda tocar
Dar uma ou mais voltas
Ao coreto e seu amor encontrar
Só que, nessa época
Nem um beijo se podia trocar.
Nas noites de S. João
Faziam-se grandes fogueiras
Com o rosmaninho apanhado
Às vezes entre as pedreiras.
Andavam-se kms para o rosmaninho apanhar
Faziam-se fogueiras até de madrugada
Ficando à espera de ver o sol raiar.
E...
Os picniques no Alto da Penha
Subiamo-lo a pé
Nada nos cansava
Tínhamos no caminho
A fonte da água Férrea
E nossa garganta resfrescava.
Enfim, todos confraternizavam.
Todo o percurso
Era um encanto de verdura
Com papoilas e rosas silvestres
E outras flores à mistura.
Juntamente com as árvores
Formavam um aroma de cheiros diversos
nossas narinas dilatavam
Para respirar o perfume
Que da Natureza emanava.
No cimo do monte
Existe a Capelinha do mesmo nome
Daí avista-se a Vila toda,
O jardim das laranjeiras,
O coreto, o depósito da água
O jardim principal
O largo da feira
A câmara municipal,
Enfim, avista-se a vila toda
Do cimo da Penha.
Talvez por ser tão bonita
Lhe chamaram Vila Morena,
Pois de Grândola se trata.

Natália/92

Foi lá que o Zeca Afonso se inspirou
E na sede da música Velha ensaiou
O que é hoje a canção
Grândola Vila Morena
Aceite por todos com muita alegria
Levando atrás de si a Revolução
Sendo um hino à liberdade,
Coisa que não existia.






25 de Abril Sempre!
publicado por najasmin às 17:20

Sábado, 23 de Abril de 2005


Vamos fazer uma corrida
Não a pé mas de carro
Com os cabelos ao vento
E nosso rosto refrescar.
Sabe tão bem esse ar apanhar
Fico sempre entusiamada
Só de ouvir falar em rally
Que as válvulas
Começam logo a dar de si.
Não vou deixar
O excesso ultrapassar
Nem deixar que o motor
Vá abaixo.
Antes vou sim, prevenir
Fazendo uma revisão
Para que esteja bom
Quando chegar a ocasião.
Sim, porque
A nossa máquina
É equivalente
A um motor.
Se não estiver afinado
Não nos dá rendimento
E pode afogar o motor
Vamos todos conduzir
Devagar e com moderação
Mais vale chegar tarde e satisfeitos
Pois fizemos uma boa condução.
O perigo espreita a cada esquina
E todo o condutor que se preza
Não vai esquecer
O que o código ensina,
Fazendo tudo isto
Praticamos uma boa acção
Evita-se o desgaste do motor
E poupamos a nossa máquina
Que é o coração.

Natália/92
publicado por najasmin às 23:44

Quarta-feira, 20 de Abril de 2005
seres042.jpg





Amigo,
Se um dia te disséssem
Que à vala ias parar
Ficavas logo maluco
Só de o pensar.
Entre crânios
E membros entrelaçados
Não fiques preocupado
Pois são amigos de verdade.
Há quem lá tenha
Avós, pai e mãe
Por vezes acontece
E a culpa não é de ninguém
Não julgues que és esquecido
Por te encontrares nesse lugar
Entraste no sono profundo
Do qual não vais acordar
Não te importes
Se à vala fores parar
Entras num outro mundo
Enquanto os outros o desconhecem
E neste vão ficar.
Se à vala foste parar
Sem que fosse do teu agrado
Perdoa aos que ficaram
Que te importa agora
Estares aí ou noutro lado.

Natália/92
publicado por najasmin às 23:02

Segunda-feira, 18 de Abril de 2005





Sou o que não queria ser
Mas contra isso
Nada posso fazer.
As coisas acontecem
Sem eu querer
Surgem atrás umas das outras,
São como catapultas,
Nem dá tempo de ripostar
E eu tenho que suportar
Ou por outra, aguentar
As dores que em mim,
Provoca.
Algumas insuportáveis
Que me vão minando
Tanto por fora
Como por dentro
Tentando ultrapassar
Dando a volta por cima.
Sendo psicóloga
De mim mesma
Sei o que devo fazer
É sofrer e calar.
Dispensando o psicólogo
Para não o baralhar.
Com tanta coisa a contar,
Ficaria pior que eu
Ficava sem fita de gravar
E folhas para escrever
Ou então, adormecia
Julgando ter sonhado
Com um doente que não existia.

Natália/05
publicado por najasmin às 18:15

Sexta-feira, 15 de Abril de 2005




Sou uma pessoa
Imprevisível.
De reacções diversas
Tão depressa
Sou um papagaio
Como depressa
Fico calada
Em meus pensamentos
Submersa.
Sou de altos e baixos
Dum extremo ao outro
Tão depressa subo
Como noutro desço
Numas ocasiões
Conheço-me
Noutras duvido que seja eu
Embora me identifique
Com o que se passa em mim
Sei que sou a mesma
E hei-de ser sempre assim.
Sou a verdade
Embora não pareça
Basta juntar as duas
E sou a mesma.
Tão depressa sou a alegre,
A triste
Como a optimista,
A desesperada
Deixo uma, passo a outra
Havendo sempre uma
Que não perco por nada
É a esperança
Que em mim me acompanha
Mesmo que esteja desesperada.



Natália/93


fimdesemana_miudos.jpg
publicado por najasmin às 17:54

Quinta-feira, 14 de Abril de 2005
#chuvinha.gif"



A chuva
do céu ela vem
Abençoada por Deus
Na terra absorvida
Quase que engolida.
A sede é tanta
O solo a recebe
É a ansia de vida
Por nós esperada
Os prados estão secos
As hortas queimadas
O gado morrendo
Sem se poder fazer nada.
Já não chega o fogo
Que tudo vai devastando
Veio a seca
Qeu tudo vai queimando
Mas já se ouve lá fora
A chuva a cair
Fustigada pelo vento
Nas vidraças vem bater
Formando uma canção
Que o solo vai receber
Há uma prece
Há uma dança
Da chuva desejada
No rosto a alegria
Da chuva almejada.
Ela cai e caindo vai
Pode não vir a tempo
Pode não ser muita
E aos céus se agradece
Pois a prece foi ouvida.
A água é a pureza
É límpida como o cristal
Do céu ela vem
É chuva desejada
Não nos pode fazer mal
Pelo contrário
Só bem.

Natália/92
publicado por najasmin às 01:14

Sábado, 09 de Abril de 2005
smile.gif



Nunca viva do passado
Bom ou mau já passou
Muito menos do futuro
Pois ninguém o adivinhou.
Viva antes o presente
Pois esse é todos os dias
Uns bons outros maus
Mas alguns com alegria.
Mesmo que a vontade lhe falte
Ao sorrir alegra o rosto
Consegue encobrir o desgosto
E aos outros enganar.
Enganando os outros
Você sente-se feliz
Pois o sorriso foi captado
Pelos que estavam ao lado.
Ao demonstrar um sorriso
De um rosto muito fechado
Conseguiu mostrar a todos
Um pouco de felicidade.
Viva dia após dia
Consoante os que tiver
Nunca pense que são poucos
São os que Deus quiser.

Natália/3/94


risota.gif
publicado por najasmin às 16:15

Quarta-feira, 06 de Abril de 2005


Por vezes
Fico inebriada a ver o mar
Com suas ondas juntinhas
A areia vem beijar.
Que paz.
Que serenidade.
Que bem estar.
Poder estar sentada
Apreciando o seu borbulhar
Ao mesmo tempo apreciar
O sol a esconder-se
Por de trás das ondas do mar.
Que encanto.
Que maravilha.
Poder saborear
A frescura do mar
Ficando fascinada
Com a visão que me dá
O sol a esconder-se
Para a dona Lua
Tomar o seu lugar.

Natália/90
publicado por najasmin às 21:42

Domingo, 03 de Abril de 2005
piramid.gif



Faço parte de uma peça rara
Sem ser pensada ou elaborada,
Ela surgiu.
Com o passar do tempo
Foi cobiçada, e desde logo apanhada.
Só que quem a adquiriu
Pouco valor lhe deu.
Passou a ficar na prateleira
Onde durante muitos anos
Foi um antro de poeira.
Esta peça rara
Só queria que a olhassem
Com um pouco de carinho e de atenção
Por mais que tentasse insinuar-se
Esqueceram-se que a peça rara
Tinha coração.
Por fim em si caíu
O pó espalhou-se
Mas os anos no esquecimento
Foram tantos
Que esta peça rara
Que nada pedia
A não ser um pouco de atenção
Ficou parada no tempo
Sem fazer sequer
Parte de uma colecção
Embora tenha idade
Para estar num museu
Quem vai olhar para ela
Senão eu?...

Natália/11/92
publicado por najasmin às 17:34

Sexta-feira, 01 de Abril de 2005
Da minha amargura
Vou fazer uma canção
Do meu sofrimento
Uma melodia
Para afugentar a tristeza
Que me assola
Tanto de noite como de dia.
Vou treiná-la
Com intensidade
Com bastante entusiasmo
Para que possa sair
Do meu peito
Esta ansiedade.
É uma melodia dramática
Que todos os dias é gritada
Só que não estava no papel passada.
Agora já posso
Treiná-la com o sofrer
E depois é só cantar
Esta canção de dor.

Natália/93



PARA TODOS

bom fim de semana.gif
publicado por najasmin às 18:23

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2005
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
16

17
19
21
22

24
26
27
28
29
30


Últ. comentários
beijing tour (http://www.beijingtourtravel.com)[ur...
thanks for letttin me know how to do dis i apprec...
NajasminAmei seu blog!Está em favoritos e até ata...
Beleza! Descobri hoje essa maravilha. Beleza mess...
amizade
Amei seus poemas...è vc mesmo quem os faz?...Para...
Olá...eu tava passeando e acabei passando aqui do...
adorei o seu blog e tbm as mensagens!
parabéns por suas tão belas poesias.......
Faz um ano que não há novidades por aqui.está na ...
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro