Segunda-feira, 21 de Março de 2005
escrita.jpg


Gosto de escrever
E de um poema saber fazer
Mas é tudo tão simples
E as palavras tão singelas
Eu que sou eu
Finjo não perceber
E até gosto delas.

A caneta escreve
O que de momento sinto
Mesmo de boca fechada
O pensamento transmito
O coração sente
O que a mente transmite
E a caneta vai escrevendo
Sem saber se ao ler
Terá ouvinte.
Não tenho deixas
Nem rimas de ninguém
Escrevo por escrever
E gostaria de ser
Compreendida por alguém.
Gostava de ser poeta
E lindos poemas fazer
Como não o sou
Limito-me a escrever.


Natália/ 92

publicado por najasmin às 15:31

mais sobre mim
pesquisar
 
Março 2005
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

14
15
16
18

20
22
26

27
28
29


Últ. comentários
beijing tour (http://www.beijingtourtravel.com)[ur...
thanks for letttin me know how to do dis i apprec...
NajasminAmei seu blog!Está em favoritos e até ata...
Beleza! Descobri hoje essa maravilha. Beleza mess...
amizade
Amei seus poemas...è vc mesmo quem os faz?...Para...
Olá...eu tava passeando e acabei passando aqui do...
adorei o seu blog e tbm as mensagens!
parabéns por suas tão belas poesias.......
Faz um ano que não há novidades por aqui.está na ...
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro