Terça-feira, 21 de Fevereiro de 2006





Se eu soubesse
Transmitir para o papel
Todo o meu sentir
E o que me vai no pensamento
Um livro já tinha feito
Juntando os fragmentos.
Seria um livro da vida
De uma vida já vivida
No meu corpo bem sentida
Talvez?...
Prestes a chegar ao fim.
Enquanto não chega a hora
Uns apontamentos vou fazendo.
Ao mesmo tempo esquecendo
O que não quero recordar.
Deixando no papel
Só o que deve ficar.
São fragmentos de uma vida
Que por mim foi passando
E aos poucos vou lembrando
Embora não me agrade
E não queira recordar
O pensamento não me deixa.
E no papel tenho que pegar
Só é pena eu não querer recordar
E assim trocava o pensamento
Pondo outro no seu lugar.
Se não fosse preguiçosa
E soubesse transmitir
Garanto que deixaria
Um pouco do que vai,
Dentro de mim.



najasmin 17/07/93


publicado por najasmin às 00:35
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2006
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
22
23
24
25

26
27
28


Últ. comentários
beijing tour (http://www.beijingtourtravel.com)[ur...
thanks for letttin me know how to do dis i apprec...
NajasminAmei seu blog!Está em favoritos e até ata...
Beleza! Descobri hoje essa maravilha. Beleza mess...
amizade
Amei seus poemas...è vc mesmo quem os faz?...Para...
Olá...eu tava passeando e acabei passando aqui do...
adorei o seu blog e tbm as mensagens!
parabéns por suas tão belas poesias.......
Faz um ano que não há novidades por aqui.está na ...
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro