Quinta-feira, 17 de Março de 2005


Sou um ser vivente
Porque ao mundo vim
Sem me aperceber
Desde logo fui ruím.
fui a filha rejeitada
Por não ser desejada
De miúda sofredora
Em mulher casadoira
E tudo isso para nada.

Mãe
Nada aliviou meu sofrimento
Só tendo no pensamento
O beijo desejado
Da mãe que me devia ter amado.
Como poderia esse beijo ter,
Se o ente desejado
Em nada comparado
com o que ela viu nascer.

Como pode uma criança
Sentir falta de amor
Pois ela tão inocente
O desconheceu, mas sabe o que é a dor.
Não culpo ninguém
Pelo amor que não tive
Talvez meu coração
Ficasse desde então
Logo oprimido.
Com isto não digo
Que minha mãe não me amasse
Só que devia de ter vergonha
De sua mão estender
Com receio de a prender
E ao meu coração juntar-se.

Amei-a muito em silêncio
Só no fim se apercebeu
Chorámos as duas juntas
Juntando seu coração ao meu.


najasmin/90




blinkie_jinhos


publicado por najasmin às 12:34
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Março 2005
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

14
15
16
18

20
22
26

27
28
29


Últ. comentários
beijing tour (http://www.beijingtourtravel.com)[ur...
thanks for letttin me know how to do dis i apprec...
NajasminAmei seu blog!Está em favoritos e até ata...
Beleza! Descobri hoje essa maravilha. Beleza mess...
amizade
Amei seus poemas...è vc mesmo quem os faz?...Para...
Olá...eu tava passeando e acabei passando aqui do...
adorei o seu blog e tbm as mensagens!
parabéns por suas tão belas poesias.......
Faz um ano que não há novidades por aqui.está na ...
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro