Sábado, 13 de Agosto de 2005





Os meus olhos já secaram
Por muito terem chorado.
Em princípio
Era como pérolas de orvalho.
A pouco e pouco
Foram-se juntando,
E em cascata se formando,
Na minha boca deixando
Um sabor a sal e ao mesmo tempo amargo.
O amargo da dor,
O amargo do desespero
Que durante anos
No meu peito
Se foram acumulando,
Meu coração apertando
Por não poder gritar
Pois podia assustar
Quem tanto amo.
Sofrer do corpo
E ainda do coração
É a dor mais temida
Que a ninguém dá consolação
E chorar também não.
Pode ser um escape
Para não se rebentar
Como se fossemos um balão.
Por muito ter chorado,
A fonte já secou.
Era um choro cristalino
Por isso se evaporou.



najasmiin/01/94<b
publicado por najasmin às 00:05
|

De najasmin a 15 de Agosto de 2005 às 14:51
*Olá Delta. Por se chorar muitas vezes em silêncio é que o dique rebenta de vez em quando... Beijinhos.

De delta a 14 de Agosto de 2005 às 17:33
Evaporou mesmo, najasmin? Quantas vezes choramos em silêncio, sem verter uma lágrima...Um grande beijinho para ti e a continuação de um bom fim de semana.


mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2005
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


Últ. comentários
beijing tour (http://www.beijingtourtravel.com)[ur...
thanks for letttin me know how to do dis i apprec...
NajasminAmei seu blog!Está em favoritos e até ata...
Beleza! Descobri hoje essa maravilha. Beleza mess...
amizade
Amei seus poemas...è vc mesmo quem os faz?...Para...
Olá...eu tava passeando e acabei passando aqui do...
adorei o seu blog e tbm as mensagens!
parabéns por suas tão belas poesias.......
Faz um ano que não há novidades por aqui.está na ...

blogs SAPO


Universidade de Aveiro